Por Uma Vida Alternativa Secular

Cidadania & Cultura

Jan Steen-dancingcouple

Karen Armstrong, no livro “Em Nome de Deus”, continua a contar a história religiosa na Era do Capitalismo Comercial predominante na Holanda do Século XVII. A maioria dos marranos que retomaram a religião em Amsterdam aprendeu, bem ou mal, a apreciar a espiritualidade da Halakhah – o nome do conjunto de leis da religião judaica, incluindo os 613 mandamentos que constam na Torá e os posteriores mandamentos rabínicos e talmúdicos relacionados aos costumes e tradições, servindo como guia do modo de viver judaico. Alguns, porém, não conseguiram fazer essa transição.

Ver o post original 1.024 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: