Arquivos Mensais: janeiro \30\UTC 2015

Chocante…

143038568 (1)A professora de uma turma de crianças de três a quatro anos observa que seus alunos insistem em brincar de se deitar um sobre outro, balançar os corpos, e rindo nervosamente, dizer que estão namorando. Inquieta, sem ter certeza de  como proceder,  ela procura saber de onde veio essa brincadeira e a resposta dos pequenos é imediata: da novela!

Eles poderiam estar fazendo alguma atividade parecida, se jogando, rolando no chão, usando o corpo num prazer típico da infância e a professora, provavelmente, não estaria surpresa. O que chama sua  atenção é a ansiedade dos alunos, a insistência. Crianças brincam de namorar, mas geralmente trata-se de um companheirismo, no qual o relacionamento não inclui os contatos corporais que ocorrem após a adolescência.

Cenas da televisão, ao mostrar um casal a sós, na intimidade, colocam o espectador  na posição de quem espia, ou seja, vê sem ser visto, sem participação.  É bem…

Ver o post original 163 mais palavras

Uma Nova História do Poder: Comerciante, Guerreiro, Sábio

Uma Nova História do Poder: Comerciante, Guerreiro, Sábio.

Dicas de leitura em economia, democracia, ecologia: L.Dowbor

Leonardo Boff

Ladislau Dowbor é um conhecido economista, professor catedrático da PUC-SP em economia e adminisrtração. Sabendo da dificuldade de acesso a textos orientadores, se dispôs de, vez por outra, apresentar alguns títulos de artigos e livros para os estudiosos e outros interessados. Muitos dos textos, inclusive todos os dele, podem ser baixados gratuitamente pela Internet. Agradecemos esta generosidade deste pesquisador, engajado profundamente, na transformação de nosso pais, rumo a uma democracia social e a uma economia democrática: Lbof

*****************

Caros amigos e amigas

Aos trancos e barrancos estamos entrando no ano 2015, ano de grandes momentos, em torno do que vem depois dos objetivos do milênio (Nova Iorque), do aquecimento global (Paris), do financiamento do desenvolvimento sustentável (Addis Abeba) e outros. A tal da “catástrofe em câmara lenta” continua catastrófica, só que em câmara cada vez menos lenta. A Unep lembra em relatório de 2015 que há cerca de 300 trilhões…

Ver o post original 606 mais palavras

Cultura inútil: Sobre amor e casamento

Blog da Boitempo

15.01.26_Mouzar Benedito_Cultura Inútil_Sobre amor e casamentoPor Mouzar Benedito.

Há muitas frases bonitas sobre amor e casamento. Mas as mais “divertidas” não são nada românticas. Mesmo pessoas bem sucedidas no amor e no casamento dizem coisas malucas sobre essas o assunto.

Selecionei alguns ditados populares e algumas frases de gente famosa (às vezes nem tanto) sobre amor e casamento, para repassar aos leitores:

DITADOS POPULARES

Amor é uma flor roxa, que nasce em coração de trouxa.

* * *

Homens honestos casam cedo, e os prudentes nunca.

* * *

O amor faz passar o tempo, e o tempo faz passar o amor.

* * *

Homem apaixonado não admite conselho.

* * *

Amor é vento: vai um, vem cento.

* * *

Amor e bexiga só dá na gente uma vez.

* * *

Amor de parente é mais quente.

* * *

Quem casa com mulher feia não tem medo de outro…

Ver o post original 1.248 mais palavras

Pensão por Morte

Cidadania & Cultura

casamento-oportunista

Ribamar de Oliveira (Valor, 8/1/15) publicou artigo que é uma prestação de serviço de utilidade pública. Compartilho-o abaixo.

Pensão por Morte

“Uma leitura atenta da Medida Provisória 664, editada no fim do ano passado, mostra que os trabalhadores da iniciativa privada e os servidores da União terão regras diferentes para a pensão por morte, contrariando uma tendência que vem desde 1998, no sentido da harmonização e da uniformidade das normas do Regime Geral da Previdência Social (RGPS) e dos Regimes Próprios dos Servidores Públicos. Os segurados do INSS serão os únicos que terão o valor do benefício reduzido.

A pensão por morte é um benefício concedido ao dependente em caso de falecimento do segurado. Até agora, no caso de morte do segurado do RGPS (mais conhecido do grande público como INSS), os dependentes recebiam 100% do valor da aposentadoria que ele ganhava.

Com a MP 664, cujas regras…

Ver o post original 907 mais palavras

Reflexão sobre a Chacina de Paris

Blog da Boitempo

15.01.08_Miguel Urbano Rodrigues_Reflexão sobre a chacina em ParisPor Miguel Urbano Rodrigues
e editores de ODiário.info

Uma onda de emoção, solidariedade e repulsa corre pelo mundo levantada pela chacina de Paris.

É legítima. Doze pessoas foram assassinadas por um grupo terrorista na sede do semanário francês Charlie Hebdo. Entre elas o diretor, quatro cartunistas e dois policias.

O jornal, satírico, progressista, já havia sido alvo de atentados por ter publicado caricaturas do Profeta Maomé.

A dimensão, o motivo e a circunstância contribuem para a repercussão mundial do bárbaro crime.

O fato de os assaltantes terem gritado à saída “Alá é grande e o Profeta foi vingado!” funcionou como estímulo à islamofobia.

Na última semana, organizações de extrema-direita da Alemanha, dos EUA e da França promoveram manifestações racistas dirigidas contra as comunidades muçulmanas desses países. Tais iniciativas tendem agora a multiplicar-se.

O Presidente François Hollande, ao condenar o monstruoso atentado, afirmou que a França “está em choque”. Chefes de…

Ver o post original 298 mais palavras

David Harvey: A crise da urbanização planetária

Blog da Boitempo

15.01.10_David Harvey_A crise da urbanização planetáriaPor David Harvey.*

Com uma nova temporada de manifestações inaugurada em 2015, o Blog da Boitempo publica este ensaio de David Harvey, escrito originalmente para ocatálogo da exibição Uneven Growth: Tactical Urbanisms for Expanding Megacities, em 18 de novembro de 2014, logo após sua visita ao Brasil para o ciclo de conferências “A economia política da urbanização“, em que lançou o volume final de seu guia de leitura sobre O capital de Marx, em Brasília, Recife, Fortaleza, Curitiba e São Paulo. Partindo de uma reflexão sobre as Jornadas de  Junho 2013 e seu lugar no contexto das explosões de rua que vêm pipocando ao redor do mundo, Harvey diagnostica o que chama de uma “crise da urbanização planetária” que estaríamos atravessando às cegas e oferece um panorama dos desafios e perspectivas que vêm sendo construídas pelos diversos atores e movimentos sociais emergentes. A tradução é de Artur Renzo, para o Blog da…

Ver o post original 2.698 mais palavras

Petrobras se torna maior produtora de petróleo do mundo

ISAPE

Nessa quinta-feira (08/01), a Petrobras se tornou a maior produtora de petróleo do mundo dentre as empresas de capital aberto. Feito ocorreu após a empresa superar a norte-americana ExxonMobil no terceiro trimestre de 2014, informou a petroleira estatal brasileira. Em dezembro de 2014, a Petrobras também quebrou novamente seu recorde de extração de petróleo no Pré-Sal. Contudo, notícia chega em momento no qual o preço internacional do barril de petróleo atingiu a mínima em anos.

Fonte: Sergio Moraes / Reuters. Foto: Sergio Moraes / Reuters.

Ver o post original

Mercado de Moedas e Cenário para 2015

Cidadania & Cultura

A alta do dólar e a queda dos preços das commodities, que têm gerado alívio para os consumidores dos Estados Unidos, estão desnorteando os bancos centrais de outras regiões ao alargar a distância entre a revigorada economia americana e a dos países da Europa e Ásia.

O dólar está subindo em relação às moedas de todo o mundo. Recentemente, ele manteve a alta em relação ao iene, sustentando a maior cotação em sete anos, e atingiu um pico de dois anos ante o euro. A moeda americana também avançou em relação ao real, ao dólar australiano e à rupia indiana e continua batendo recordes na Rússia, levando o banco central a intervir para amparar o rublo.

A valorização do dólar têm intensificado o declínio dos preços das commodities, incluindo alimentos, metais e, em especial, o petróleo, que já recuou quase 40% desde meados de junho. O crescimento lento…

Ver o post original 1.090 mais palavras

Colônia de férias do MON tem vagas limitadas

BandNews FM Curitiba

Foto: divulgação/AEN Foto: divulgação/AEN

Começaram nesta sexta-feira (02) as inscrições para a sétima edição da colônia de férias do Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. Neste ano, os temas da iniciativa vão ser a arte e também o esporte. Na programação estão previstas várias ações para entreter e ensinar crianças de seis a 11 anos de idade, como oficinas artísticas, apresentações teatrais, contação de histórias e teatro de bonecos, mas as vagas são limitadas. Ao todo, vão ser aceitos apenas 60 cadastros para atividades no período da tarde, entre as 14h e 17h. A colônia de férias vai ser realizada de 20 a 30 de janeiro, sempre de terça a sexta-feira. A taxa diária de participação é de R$ 40,00, mas os pais podem optar por um pacote semanal no valor de R$ 130,00. Quem inscrever dois filhos ganha desconto de 25%. Todas as despesas com materiais e lanches estão incluídas na cobrança.

As…

Ver o post original 68 mais palavras